sexta-feira, 6 de agosto de 2010

AGENESIA DE CORPO CALOSO



Antes de tudo, voltemos ao saudoso Ângelo Machado para lembrar que o Carpo Caloso (figura) é uma estrutura do cérebro localizada na fissura longitudinal que conecta os hemisférios cerebrais, sendo formado por cerca de 250 milhões de projeções axonais mielínicas que cruzam o plano sagital e penetram de cada lado no centro branco medular do cérebro. Em corte sagital do cérebro, podemos identificar as divisões do corpo caloso: uma lâmina branca arqueada dorsalmente, o tronco do corpo caloso, que se dilata posteriormente no esplênio do corpo caloso e se flete anteriormente em direção a base do cérebro para constituir o joelho do corpo caloso. Este se afina para formar o rostro do corpo caloso, que continua em uma fina lâmina, a lâmina rostral até a comissura anterior. Entre a comissura anterior e o quiasma óptico encontra-se a lâmina terminal, delgada lâmina de substância branca que também une os hemisférios e constitui o limite anterior do III ventrículo.

Agenesia de Corpo Caloso (ACC) é uma má formação congênita que se caracteriza pela ausência do corpo caloso, com o aumento significativo dos cornos occipitais. A ACC pode ser classificada em: agenesia total de corpo caloso, caracterizada pela total ausência do corpo caloso, agenesia parcial ou hipogenesia, na qual o corpo caloso apresenta encurtamento em graus variados ou desenvolvimento incompleto, e hipoplasia, nesse caso o corpo caloso está completamente formado, mas apresenta redução em seu tamanho.

A ACC, embora assintomática na maioria dos casos, pode apresentar sintomas como: síndrome de desconexão cerebral, cefaléia, hemiparesia, hipotonia, convulsões, retardo no desenvolvimento psicomotor, podendo existir um déficit mental variável dependendo da extensão da agenesia e da associação com outras lesões. Pessoas com agenesia de corpo caloso podem apresentar falta de coordenação entre as atividades dos dois hemisférios cerebrais pela inexistência das fibras que os ligam. Dentre as possíveis causas para essa má-formação encontram-se a associação com síndromes genéticas, erros inatos do metabolismo, exposição fetal a fatores tóxicos e isquemias.

Por Renan Guedes

4 comentários:

  1. Olá, recebi a 2 dias a noticia de que o meu filho de 11m e meio era portador de de hipogenesia da porção posterior do corpo e esplénio do corpo caloso,com consequente dilatação colpocefálica dos atrios e cornos occipitais, sem sinais imagiológicos de tenção...descobriram através de rm do cránio... nasceu de 35 semanas por ter atraso de crescimento intra uterino, em eco transfontanelar de rotina ao 3º dia de vida viram que tinha dilatação dos ventriculos, fez rm que confirmou o que até há dias pensavam ser uma hidrocefalia por estenose...o bebé continua com atraso de crescimento, mas pode ser pequeno por herança, visto familia mae ser toda estatura pequena, já fez analises e deu tudo negativo...é um bebé com desenvolvimento motor mais do que adequado para a idade, não apresentando até ao momento nada que justifique a situação!
    Como devem imaginar eu estou em pánico, a pediatra explicou-me que pode nunca vir a ter nada, mas a possiblidade de isso acontecer deixa-me de rastos...eu preciso falar com alguém que passa ou passou pelo mesmo, preciso saber mais sobre a malformação, tenho muitas perguntas ainda por responder...por favor se alguem me puder ajudar agradeço imenso, como já disse, estou em pánico!
    obg
    gabriela

    ResponderExcluir
  2. Oi,Gabriela, meu nome é Fabiana, minha bebe tem 4 meses e decobri q ela tem agenesia do corpo caloso,com uma rm e tebm tem cistos de aracnoides e espasmos musculares, estou com um neuro acompanhando o meu caso,ela não tem muita fimesa no pescoça mas se communica normal da gritnhos e tudo,a neuro indicou p ela fisioterapia, fono e terapia ocupacional,
    espero q te ajude
    abraços

    ResponderExcluir
  3. tenho um bebe de 1 ano e 4 meses e descobri que ele tem agenesia do corpo caloso,estou muito preocupada com o atraso que ele pode ter.

    ResponderExcluir
  4. Andresa, deixo-lhe aqui o meu email caso queira falar sobre o problema...bjs
    gabrielaediogo@hotmail.com

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget