terça-feira, 24 de setembro de 2013

Doença de Alzheimer: Conscientização

Descrita por Alois Alzheimer em 1907, trata-se de uma patologia neurológica que decorre com o declínio progressivo, homogêneo e irreversível das funções mentais. Estima-se que a prevalência da doença de Alzheimer oscile em torno de 4% a 5% após os 65 anos de idade e que a sua incidência se aproxime de 50% próximo aos 90 anos.
A estrutura cerebral torna-se progressivamente alterada com o aumento da idade. Essas alterações incluem: Diminuição do peso cerebral, diminuição de substâncias químicas cerebrais e morte neuronal. Na neuropatologia da doença pode se notar macroscopicamente atrofia difusa, alargamento dos sulcos corticais, aumento dos ventrículos. E nos achados microscópicos, se fazem presente os emaranhados neurofibrilares, as placas senis, a perda neuronal e a degeneração sináptica intensa.

O paciente com a Doença de Alzheimer apresenta a demência que se manifesta pela perda das funções cognitivas como memória e linguagem, resultando em piora progressiva das atividades diárias, além de uma variedade de sintomas neuropsiquiátricos e alterações comportamentais. Nessa situação, o paciente perde as funções mentais superiores (cognição), apresentando alterações progressivas no humor e no comportamento, sendo que no estágio mais grave da doença, o nível de dependência se torna muito importante, com a necessidade de que pessoas (familiares / cuidadores) ao redor passem a cuidar deste paciente de forma muito mais intensa. 

Mês Mundial da Doença de Alzheimer: setembro


 A ABRAz – Associação Brasileira de Alzheimer tem como prioridade divulgar a Doença de Alzheimer e contribuir para o constante investimento no tratamento de pacientes e apoio aos familiares-cuidadores. A ABRAz apoia a Alzheimer's Disease International (ADI) no desafio de sensibilizar a população e reduzir o estigma que cerca a doença e afasta as pessoas da identificação de sintomas e do enfrentamento do problema.
       Setembro é considerado o Mês Mundial da Doença de Alzheimer. Em 2013, o tema mundial da campanha é “Uma jornada de cuidado”. A ABRAz colabora com essa iniciativa e promove ações em todo o país, ao longo de todo o mês de setembro, com especial destaque para o dia 21, Dia Mundial da Conscientização sobre a Doença de Alzheimer.
            O lema escolhido pela ABRAz neste ano é “Alzheimer: eu não esqueço”. Para cuidar, precisamos reconhecer, enfrentar e aceitar a doença e, para tanto, desmistificá-la, lembrando não apenas que ela existe, mas que as pessoas que convivem com ela precisam de ajuda, apoio e orientação. Para não esquecer, estamos amarrando uma fitinha no dedo e clamando aos quatro ventos: "Eu não esqueço!". Contamos com o apoio de todos nesta campanha de conscientização.
Alzheimer: eu não esqueço!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget