domingo, 19 de junho de 2011

Aprendizagem motora





Aprendizagem é um processo pelo qual a maioria dos animais adquire conhecimento sobre o mundo, e memória é a retenção ou armazenamento desse conhecimento.

A memória divide-se em dois grandes grupos: implícita e declarativa. A declarativa constitui um sistema no qual a informação é processada mesmo após uma única experiência e então estocada, relembrada de forma consciente de acordo com a demanda, passível de relato verbal (a repetição constante pode transformar o conhecimento declarativo em processual). O módulo implícito ou processual representa a aquisição de habilidades motoras, perceptuais e rotinas cognitivas por meio da exposição repetitiva a uma atividade específica, com regras invariáveis.

Aprendizagem Motora: um conjunto de processos não conscientes, associados com a prática e repetição de movimentos, que levam às mudanças permanentes nas respostas motoras através de modificações das redes neurais.

O desempenho evolui de impreciso para acurado, de lento para veloz e de controlado pela atenção para automático. É a base do processo de reabilitação, uma vez que possibilita a mudança de comportamentos motores já adquiridos, como também a aquisição de novos.

A melhor forma de organizar as sessões de treino sobre a aquisição e a retenção da habilidade, tem sido investigada com a finalidade de fornecer bases científicas que sustentam a intervenção, pois o aprendizado pode ser otimizado quando a prática do exercício combina aspectos de retenção e transferência. A capacidade de adaptar e generalizar são frutos da consolidação do processo de aprendizagem motora, com a formação de um novo modelo interno. A variabilidade da condição de treinamento possibilitaria a formação de um modelo interno mais flexível, e que essa flexibilidade favoreceria a adaptação e a generalização da tarefa. Reflete a prática da especificidade neural porque envolve a integração da informação motora e sensorial disponíveis durante o exercício. Fato consistente com os avanços da neuroreabilitação e neuroplasticidade. O processo caracterizado por mudanças sinápticas temporárias e definitivas representaria a formação de uma representação interna, chamada anteriormente de Esquema Motor e, atualmente, definida como "modelo interno".

Ao final do processo de aprendizagem motora, espera-se que, por meio da modificação da rede sináptica, um novo modelo interno para a tarefa seja formado, o que permite que, além da melhora no desempenho da própria tarefa para as condições treinadas, seja adquirida a capacidade de utilizar esse mesmo modelo interno, para realizar a mesma tarefa em diferentes condições ambientais ou ainda para melhorar o desempenho de tarefas similares. Os produtos do processo de aprendizagem motora, a adaptação e a generalização, são fundamentais para a reabilitação de pacientes com disfunções motoras, pois é esperada que, após o treino de uma determinada habilidade, além da melhora do desempenho, seja adquirida a capacidade de realizá-la em diferentes condições ambientais, distintas do ambiente terapêutico, bem como essa aprendizagem sustente o desempenho de habilidades semelhantes.



PROCESSO COMPLEXO DE PERCEPÇÃO-COGNIÇÃO-AÇÃO

BUSCA DE SOLUÇÃO PARA UMA TAREFA QUE SURGE DE UMA INTERAÇÃO INDIVIDUO-TAREFA-AMBIENTE

Um comentário:

Ocorreu um erro neste gadget